terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Tendências para 2010

Ou seria tendências em 2010? Não estou certo do termo! Certo mesmo é o fato de que irei voltar a nadar em 2010. Chega um ponto onde queremos ser sustentáveis com nós mesmos. Renovar nossas energias através de um esporte saudável e além do mais extravazar o stress do dia a dia.
Estive em Ubatuba nesse último domingo e dei umas braçadas para ver como eu estava! Já estive em melhor forma física mas isso não me preocupou tanto quanto meu joelho esquerdo! Para alguns movimentos, principalmente nadando peito, ele chegou a incomodar. Uma dor nos ligamentos da parte de trás do joelho, senti meus "nervos" serem repuxados nas pernadas!
Já estou medicado e um dos esportes aprovados pelo ortopedista foi natação! E nesse verão, para refrescar mais do que um copo de limonada gelada, uma piscina vem a calhar!

Sabe outra tendência para 2010? Sustentabilidade Mundial! E com Mundial eu quero dizer sustentabilidade social, cultural, ecológica e mental. Sustentabilidade em tudo aquilo utilizado pelo homem. Se antigamente ter um segundo idioma era o diferencial de um bom profissional, se hoje um bom diferencial é ter vivido por um tempo no exterior e ter realizado algum trabalho social e ser exposto a situações onde você precisou tomar atitudes de liderança, o profissional do amanhã terá o seu diferencial em suas ações de sustentabilidade.
O bom profissional será aquele que enxerga oportunidades de se empregar a sustentabilidade em processos existentes, desenvolve produtos ecologicamente corretos utilizando fontes renováveis de energia, pensando na logística reversa para a coleta das embalagens utilizadas por seus produtos, para citar alguns exemplos.

Em conjunto com esse pensamento temos a sustentabilidade financeira, maneiras de investir e poupar seus rendimentos, fazê-lo multiplicar-se. Aplicar a máxima do Capitalismo: fazer seu dinheiro trabalhar para você. Diz um professor meu: "Aquele que trabalha para ganhar dinheiro não tem tempo para usufruir dos benefícios do dinheiro!" Estabelecer metas nesse início de ano, revisar suas conquistas anteriores e tirar goodcases delas para poder fortalecer suas ações nesse novo ano são algumas das reflexões feitas por muitos profissionais de sucesso ou meros mortais que estão a caminho!

Hoje tudo exposto na internet através de sites de relacionamento como o Facebook, Orkut e MySpace se tornam nosso cartão pessoal. Seus tweets da mais nova e abrangente rede social do momento pode chegar a pessoas nunca antes imaginadas por você. A pergunta que me faço é "como posso tirar proveito disso?" Um empreendedor vê ai uma oportunidade. Muitos irão dizer ser você apenas mais um no meio da multidão. Pois então faça os que estão ao seu redor olharem para você! Atraia a multidão e seus olhares para você, para a sua marca! Faça propaganda do seu produto, seja ele um produto realmente ou seja a sua pessoa, profissional a procura de um emprego ou um consultor em início de carreira.

E acima de tudo, saiba fazer bom proveito das tendências, aplique seus conhecimentos, peça ajuda quando precisar, seja humilde em dizer que não sabe! Reconheça o bom trabalho de seus colegas, trate as pessoas com educação, agradeça olhando nos olhos da atendente da padaria que te serviu o seu café daquela segunda-feira chata! Dê bom dia as pessoas, afinal mesmo os amantes dão bom dia aos seus companheiros quando acordam!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Retrospectiva pessoal

Final de ano e com mais tranquilidade vou refletindo sobre os acontecimentos desse ano que se passou.
Sirvo uma boa dose de café em minha caneca nova do Linux Mall que me dei de presente. Sempre quis uma caneca com algum dizer de Linux. Essa que comprei tem o desenho do Tux e abaixo dele escrito "Powered by Linux". Por causa da brincadeira do Bufalo na AIESEC eu comecei a segurar o copo com a mãe esquerda e essa caneca que comprei é para destros. To pensando em comprar uma caneta própria para escrecer em porcelana e fazer alguma arte do outro lado da caneca, pois atualmente ele é branco. Sem graça, né?!
Uma das coisas que estive buscando esse ano foi conhecimento. Muitas vezes eu me pegaga desatualizado do que estava acontecendo. Notícias, acontecimentos nacionais e internacionais, lançamentos de filmes, shows na minha cidade. Era um cara desinformado, socialmente falando. Estava restrito ao meu cotidiano.
Mudando de cidade notamos que podemos mudar nossos hábitos. Quando cheguei em Taubaté, demorei para me adaptar. Sentia falta dos amigos e companhias de Itajubá. Tanto é que sempre voltava para sair com o pessoal de lá e poucas vezes sai aqui no Vale. Mas isso foi mudando, como tudo na nossa vida. Uma hora a gente acordo e diz: não vou mais fazer assim a partir de hoje.
Para não deixar esse texto muito cumprido, vou parando por aqui. Quem sabe amanhã ou depois, ainda nesse ano, eu termine essa retrospectiva.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Mente poluída

"NÃO SEI"

"NÃO SEI"

MAX GEHRINGER

Se vc ainda não sabe qual é a sua verdadeira vocação, imagine a seguinte cena:

Você está olhando pela janela, não há nada de especial no céu, somente algumas nuvens aqui e alí... aí chega alguém que também não tem nada para fazer e pergunta:

- Será que vai chover hoje?

Se você responder "com certeza"...a sua área é Vendas:
- o pessoal de Vendas é o único que sempre tem certeza de tudo.

Se a resposta for "sei lá, estou pensando em outra coisa"... então a sua área é Marketing:
- o pessoal de Marketing está sempre pensando no que os outros não estão pensando.

Se você responder "sim há uma boa probabilidade"...você é da área de Engenharia:
- o pessoal da Engenharia está sempre disposto a transformar o universo em números.

Se a resposta for "depende"...você nasceu para Recursos Humanos:
- uma área em que qualquer fato sempre estará na dependência de outros fatos.

Se você responder "ah, a meteorologia diz que não"...você é da área de Contabilidade:
- o pessoal da Contabilidade sempre confia mais nos dados no que nos próprios olhos.

Se a resposta for "sei lá, mas por via das dúvidas eu trouxe um guarda-chuvas":
- então seu lugar é na área Financeira que deve estar sempre bem preparada
para qualquer virada de tempo.

Agora, se você responder "não sei" há uma boa chance que você tenha uma carreira de sucesso e acabe chegando à diretoria da empresa.
De cada 100 pessoas, só uma tem a coragem de responder "não sei" quando não sabe.
Os outros 99 sempre acham que precisam ter uma resposta pronta, seja ela qual for, para qualquer situação.

"Não sei", é sempre uma resposta que economiza o tempo de todo mundo e pré dispõe os envolvidos a conseguir dados mais concretos antes de tomar uma decisão.
Parece simples, mas responder "não sei" é uma das coisas mais difíceis de se aprender na vida corporativa.
Por quê?
Eu sinceramente "não sei".

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Pense bem antes de dizer "Não" no trabalho

As vezes nossos gestores pedem muitas coisas em um período de tempo muito curto! Pois bem, uma pessoa comum diria não a partir do momento que ela se vê sobrecarregada. Uma pessoa que quer crescer profissionalmente, mostrar-se capaz de realizar um bom trabalho e tem ambição em progredir na empresa argumenta sobre o excesso de trabalho ao invés de dizer "Não".
No começo, temos a sensação de não dar conta! Isso muda com o passar do tempo. Com o passar do tempo você aprende a gerenciar melhor seu tempo e a ser mais eficiente e assim conseguir absorver um volume maior de trabalho! Chamamos isso de experiência.
Se você se deparar com uma situação onde não tem mais capacidade de atender a um pedido do seu chefe, seja franco com ele. Explique que você já tem uma carga alta de trabalho e que só poderá atendê-lo dali tanto tempo. Conforme o caso, priorize suas atividades.

Muitas vezes recebemos aqueles abacaxis, não é!? Serviço que todos do departamento negaram resolver e sobrou para você! Pois bem, eis aqui uma receita de sucesso! Pegue o abacaxi, ponha na churrasquera para assar. Após assado, descasque-o e sirva-o cortado em rodelas com canela e leite condensado! Todos irão adorar!
Apesar da brincadeira, os abacaxis do serviço são aquilo que te dão maior visibilidade e maiores recompensas pois você foi a pessoa que resolveu aquele problema quem ninguém mais quis cuidar! Você tomou a frente e solucionou o problema do chefe, gerente, enfim, você trouxe a solução! Muitas vezes sua recompensa não vem naquele momento mas um dia, mais para a frente, quando estiverem discutindo sobre você, alguém irá lembrar do abacaxi que você resolveu e isso será de muita ajuda para você!

Não pense que todos os chefes são compreensívos! Muitos não ligam para o fato de você estar sobrecarregado ou se não pode resolver aquilo agora! Muitos deles são iguais a crianças carentes. Querem as coisas na hora e se não forem atendidos fazem birra, escalonam o problema (levam pros chefes do chefe). Se você trabalho em um lugar que as pessoas tem o mínimo de noção, não há porque se preocupar.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Pensamento na viagem Taubaté-Itajubá

Rumo a Itajubá mais uma vez para outra aula de Micro2.
Olhando a paisagem, as montanhas da Serra da Mantiqueira as 7 horas da manhã, tive um dislumbre! Mais uma vez a natureza se fez majestosamente presente! Estamos tão perto dela e ao mesmo tempo tão longe.
Hoje, com a edificação de casas, verticalização dos escritórios e também de nossos lares, temos que ir cada vez mais longe para contemplarmos o horizonte.
As colinas verdejantes, o pé da serra nas manhãs de um belo dia de sol, ficaram longe da nossa vista. Guardar um tempo para poder olhar para a paisagem já é uma coisa difícil.
Alguns amigos ainda vivem a aventura e contemplam a beleza serrana em suas bicicletas. Montam passeios pela Serra da Mantiqueira, viajam impulsionados por suas próprias forças, em comunhão com o ar das montanhas e com a certeza de encontrarem pela frente verdes e belos campos ainda preservados, Longe da ação do homem da cidade grande.
Hoje se me fizessem um convite para morar em um local sem internet, com energia elétrica apenas para acender as luzes da casa, ligar a bomba de sucção da água do poço artesanal e energizar o chuveiro, eu não sei se conseguiria passar mais de uma semana por lá. Estamos acostumados com o grande fluxo de pessoas a nossa volta. Seria uma mudança radical! Seria uma vida sem esse estresse todo, sem os compromissos inadiáveis, reuniões até depois do espediente, haveria mais sossego! Porém a pergunta é: estamos livres dessa dependência do nosso dia a dia?
Sinceramente acho que não! Nosso modo de vida deve ser revisto. O trabalho exaustivo deve seder espaço ao ócio criativo. Incentivos a diminuição da carga semanal de trabalho, melhor acomodação da força de trabalho atual nas vagas existentes e as que serão criadas com a jornada de trabalho menor, incentivar a cultura e o lazer! Medidas utópicas, e que podem um dia serem aplicadas sem esse sentimento de utopia.

sábado, 14 de novembro de 2009

Uma despedida muito nobre

"Possa a estrada vir ao teu encontro!
Possa o vento te empurrar para a frente!
Possa o sol aquecer o teu rosto
e a chuva suave inundar tuas campinas,
até o dia em que nos revermos!
Possa Deus carregar-te na palma de sua mão,
até o nosso próximo encontro!"
(Antiga benção gaélica)

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

"Inperfeissaõ"

Se tivesse que escrever hoje escreveria sobre empresa, sobre emprego, sobre feedback, sobre resiliência.
Como escrever posso deixar para outro dia, guardo essa idéia para mais tarde. Amanhã será um novo dia.
Da beleza da vida eu quero suas imperfeições. Para mim nada adianta o certo ou o errado! O que vale é aquilo que é conquistado por direito, com o suor do peito! Peito onde bate um coração apaixonado que não cansa de brigar!
Brigar por coisa que valham a pena!
Não me traga assuntos fúteis. Se quer conversar futilidades, me chame para uma mesa de bar. Se não gosta de bar, fique em casa perto de sua balança. "Inperfeissaõ"
Não você não leu errado. Está errado. Desde o começo. Vamos mudar!? Ou prefere fugir? Se com uma garrafa de rum tomo um porre astronômico, porque não viajar!? Para bem longe, onde a imaginação pode tomar asas. Onde é feliz aquilo que nada tem pois este tem tudo.
Se tudo tem és imperfeito pois o perfeito é nada ter e sim aquilo tudo conquistar e deixar livre. Livre para poder amar e amar a liberdade.

domingo, 25 de outubro de 2009

Garotas imperfeitas, porque preferimos elas?!

Estava eu em um tranquilo momento de reflxão, navegando pela internet quando parei nesse texto escrito por Pedro Jansen para o site Papo de Homem [www.papodehomem.com.br] com o título Sobre mulheres imperfeitas e tangíveis [http://papodehomem.com.br/sobre-mulheres-imperfeitas-e-tangiveis/] onde ele dá a real para os marmanjos de plantão! Aquelas que são complicadas tem vez sim, já as perfeitinhas, tendem a ser chatinhas na mesma proporção!

Aqui alguns trechos que eu curti! Boa leitura!

...

Quem são as garotas que moram ao lado?

Aquelas que acordam às 6h, tomam banho correndo, tomam um iogurte de café da manhã, leem o jornal e terminam de se maquiar no carro ou metrô. Aguentam esporro do chefe, ganham menos, ignoram todas as cantadas idiotas e nojentas que só nós homens somos capazes de conceber…

São essas mulheres, com uma rotina muito mais excruciante que a nossa, que ainda precisam se manter no peso ideal, sem estrias, sem culotes, sem bad hair day, sem peito caído e mais infindáveis neuras, um bocado delas reforçadas pelos padrões de beleza e ou outro bocado marteladas pela cobrança natural que as mulheres se impõem – para se sentirem bonitas, desejadas, femininas e tantos outros adjetivos.

Nessa correria pra assobiar e chupar cana todos os dias, às vezes escapa uma unha por fazer, uma perna mais cabeluda, uma barriguinha mais saliente.

Mas você, homem consciente, inteligente, sensível e, acima de tudo, esperto, sabe mais do que ninguém que tudo isso é bobagem. E que maior bobagem ainda é reforçar as cobranças que as mulheres já se fazem todo dia.

...

Homem gosta de mulher. E um cara perspicaz sabe que ter uma mulher satisfeita e realizada, feliz consigo mesma, é muito melhor do que ter uma mulher que vive no esforço de manter um padrão, que se furta até a comer um chocolate porque engorda, que não consegue escolher uma bebida num cardápio sem fazer as contas das calorias ou pedindo que a caipirinha seja feita com adoçante.

E, antes que você me entenda mal, o que estou dizendo é que, você, homem, não deveria reforçar as neuras que já pesam tanto sobre as mulheres. Elas fazem isso bem melhor e há muito mais tempo que você. E, acredite-me, não precisam de você para ampliar isso. Ela só precisa que você goste dela – como se diz nos livros de autoajuda – como ela é.

domingo, 18 de outubro de 2009

Época errada: o jazz

Música faz algum sentido!?
Tem gente que dança ao som do funk carioca, outros com o tecnobrega nordestino, e uns ai com uma moda esquisita, coisa de emo... doidera!
O som que eu quero falar aqui é um que já toca a muitos anos. Idealizado e imortalizado nos filmes americanos de época ou das décadas de 40 e 50, o jazz tomou conta da minha semana.
Ouvi um cd com um best of de jazz nessa segunda. Sabe aquele tipo de som que fica na sua cabeça após os créditos subirem!? Era mais ou menos es
se tipo de música tocando!
Graças a internet, achei uma coletânia interessante de jazz na rede. Fui até o oráculo e busquei:
"jazz best of torrent". Surgiu aquela infinidade de links e ao acaso escolhi um! Tempo depois coloquei 2 cds de jazz para tocar no Rythimbox! Mesmo nas caixas embutidas do laptop, o som foi irado! Fiz minhas coisas aquela noite ao som do jazz! Descobri ali muitas músicas de filmes e também de desenhos animados da época do meu pai! Lembra aquele Pica-Pau doidão de polainas!? Pantera cor-de-rosa!? Ouvi as trilhas sonoras deles!
Nostalgia total!
E por que não limpar e arrumar o quarto ouvindo jazz!? Bão, viu! Recomendo! Fora que, o som alto, chega até os ossos e para quem gosta do estilo salão cheio de mesas redondas, enfeitadas com toalhas brancas, mulheres lindamente arrumadas em vestidos longos, homens bem trajados nos seus ternos/smoking e no centro do salão, uma ampla pista de dança com uma simpática banda de jazz ao lado. Bom, só estava eu no lugar errado, na época errada, sem companhia e sem a roupa certa para aquele momento!
Por hora eu deixo o jazz tocando na vitrola, enxo minha caneca com mais um pouco de café, abro o livro e continuo minha pesquisa sobre o mundo, as pessoas e a vida!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Final de semana Família Buscapé


Final de semana em família!
Almoçar na casa da tia, dormir lá após o almoço e arrumar o computador deles. Nada como a boa rotina de um feriado em família.
Estava precisando disso! Ficar na paz, com a família um tempo.

Só que você se engana se o feriado foi todo assim!
Além dessa saudade, matei saudades de uma amiga de São Paulo que veio para o JOPRI - Jogos de Relações Internacionais - aqui em Taubaté. Melhor ainda, no ginásio na rua de trás da minha casa! Foi maneiro! Batucada da bateria, conversar a tarde toda com gente da hora, cantar samba carioca e passar um tempo me divertindo! Pena que não deu festa!

Por outro lado foi mais legal, aproveitei melhor a praia! Matei saudades daquele marzão! Praia de Ubatuba é sucesso! Lugar é bom demais! E as companhias dão seu charme! Encantam, deixam a paisagem ainda mais agradáveis!

Eita feriado bem aproveitado em sua plenitude!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

O relatório de uma botecagem

Botecagem! Como o termo é mineiro, nada como iniciar esse empreendimento com companhias mineiras! Chegando de Itajubá, duas amigas nos acompanharam para uma botecada noturna em SJC. Saimos tarde e tivemos que rodar bastante para encontrar um lugar legal para pararmos.
Como já imaginávamos que sairíamos bem tarde, ao sair do estágio, passamos no Tenda e compramos umas cervejas de latão e um saco gigante daqueles amendoins japoneses! Eita combinação dahora! Sentados no apê da galerinha batuta de SRS, ficamos trocando ideia e bebendo cerveja até o chamado do boteco.
A galera de SRS é tão bom anfitrião que rolou uma linguiça caseira. Eles ferventam ela, o que a deixa pouquíssimo gordurosa, com um aspecto de mais seca! De apelitivos nós estávamos bem! Só faltava a zuera!
E o telefone toca para anunciar que estavam a caminho. Finalmente Minas tinha chego! Literalmente e nos dois sentidos! Nos pegaram no ape, depois de um leve passeio pelas redondezas, diga-se de passagem! E agora, para onde ir!? Eu como sou um cara simples já fui dizendo.. "qualquer lugar com vocês tá bom! Pode ser!?"
Rodamos um monte e paramos na margem do Banhado! Boteco chique da cidade grande! Lugar bacana! Ganhei um beijo logo que pedi a primeira cerveja! Meu copo estava com uma marca de batom! Pedimos ao garçom que trocasse! Só que já havia enxido meu copo com cerveja! Perdi um copo cheinho! A menina tagarela deu corda e juntos pilhamos o garçom para ter ali um reembolso! Ganhei um chopp na faixa!! hahaha
Meu novo cumpadi de copo deu muita risada naquela noite! Caiu nas graças das moças e o papo rolou muito bem! Hora a gente zuava as da medicina, outra hora era o bichão, em outras, pegaram no meu pé! Chamaram-me de tagarela! E não foi a tagarela! Quem me viu e quem me vê! LOCURA, HEIN!?
Ficamos no bar até sermos gentilmente convidados a sair! hahaha E agora, ninguém quer dormir, o que fazer!? Chamaram um amigo mexicano e fomos para uma esquina ficar conversando! Apresentaram o mexicano duas vezes e tivemos depois disso piruetas, brincadeiras de caderinha, ficamos girando no meio da rua, rolou luta de sabre de laser e corrida de cavalos! E ai ocorreu um acidente! A anfitriã caiu e ralou sua mão! Assoprei o ferimento para sarar, o que ajudou. E fizemos mais bagunça! Mesmo machucada, as zueras não tinham fim!
Até que deram um fim. Um longo caminho pela frente. Um lugar diferente. Novos amigos, velhas amigas. Tudo junto e misturado para fazer diferente. E além de tudo isso, tudo novo!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Novo ramo de negócios: botecagem

É como dizem, tudo na vida muda! E estamos numa fase de muitas mudanças, de conhecer novas pessoas, lugares diferentes e culturas diversas.
Eis que surgiu esse novo empreendimento do entretenimento: a botecagem! Expressão para substituir o "happy hour" do paulistano, a botecagem, ou botecada, veio de Belo Horizonte. É aquele momento de descontração com o pessoal do serviço após o expediente.
Nada mais refrescante do que beber aquele líquido gelado após um dia de muito trabalho e dedicação as causas no escritório. Curtir a leve brisa do final da tarde em uma cadeira na calçada da rua, sentado em uma mesa com amigos e trocando uma ideia bacana.
Te vejo no boteco mais próximo! Sucesssss.... abrassssss... porque eu já estou atrasado!!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Gentoo operando pra valer

Isso mesmo! Acabou o mito! Depois de várias horas compilando o kernel, acertando os ajustes necessários já tenho em minha máquina a distribuição mais quente do momento! E também aquela que está me dando maior aprendizado/dor de cabeça.

Essa tela preta, ou o matrix, segundo o pessoal do estágio, rendeu-me um bom divertimento para deixar as coisas operando da maneira que eu queria. Já consigo ouvir minhas MP3, assistir meus seriados e filmes tranquilamente no Gentoo! Aos poucos vou dando adeus a MS.

Logo logo vou trocar de vez, deixar de ser usuário passivo e passar para o nível de maior controle da minha máquina! Não, não quero viver no mundo de Terminator ou Matrix. Apenas busco o conhecimento e ser detentor dele. E a melhor maneira para se aprender a usar uma distribuição linux é perguntando por ai. E nesse meio tempo, para configurar corretamente meu sistema, sai perguntando para os amigos e para o oráculo. Existem muitos fóruns, documentos ou manuais que podem auxiliar quem quer mexer com Gentoo. O site deles, por exemplo, tem manual de tudo quanto é coisa. Eles documentam todas as dúvidas e bugs! Gostei de ver! Visitem www.gentoo.org

Os próximos passos são acertar o visualizador de fotos que ainda não está adequado e terminar de instalar algumas coisas como minha placa de rede sem fio. Fora isso tem o gerenciamento de energia e algumas melhorias e personalizações visuais a serem feitas.

Isso tudo vai ser consiliado com os estudos de inglês, natação, diversão e amigos. E se você está achando que não terei tempo para tudo isso, so sorry, o segredo é saber organizar corretamente o seu tempo. Podemos fazer de tudo um pouco. Basta saber dozar corretamente!

Ah um final de semana em casa!

Tá, nem tão final de semana assim e também não tão em casa! Inquietação! Vontade de estar na estrada. Ida e vinda de Itajubá, volta e ida para Taubaté. Tudo isso junto e misturado. Movimento e adaptabilidade. Nada resiliente nesse final de semana.

Mentira. A resiliência veio pelo fato de estudar micro 2 em pleno domingo com a família! Resolver listas de exercícios do ano passado, listas desse ano, refazer os programas do lab e também os programas dados em sala de aula. Testes no TASM/TLINK/TD e comprovação para saber se os códigos estavam fazendo aquilo que era para fazer.
Menino muito brincalhão esse Tutu-tuil. Não deixa a gente viajar, fica quebrando a cabeça dos outros e tirando nosso sono! E se abusar, o programa da prova de amanhã será o bicho! Se abusar não, vai ser mesmo! Ele não perdou, nem mesmo doente!

Vamos a prova!

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Com o passar dos anos

E com o passar dos anos todos mudaram sua maneira de olhar o tempo. Somos todos muito ocupados e muitas vezes não doamos o nosso precioso tempo para estar com alguém que gostamos. Uma das reflexões sobre o tempo que estou fazendo transmitidas por LFV.

E tudo mudou...
O rouge virou blush
O pó-de-arroz virou pó-compacto
O brilho virou gloss
O rímel virou máscara incolor
A Lycra virou stretch
Anabela virou plataforma
O corpete virou porta-seios
Que virou sutiã
Que virou lib
Que virou silicone
A peruca virou aplique, interlace, megahair, alongamento
A escova virou chapinha
'Problemas de moça' viraram TPM
Confeti virou MM
A crise de nervos virou estresse
A chita virou viscose.
A purpurina virou gliter
A brilhantina virou mousse
Os halteres viraram bomba
A ergométrica virou spinning
A tanga virou fio dental
E o fio dental virou anti-séptico bucal
Ninguém mais vê...
Ping-Pong virou Babaloo
O a-la-carte virou self-service
A tristeza, depressão
O espaguete virou Miojo pronto
A paquera virou pegação
A gafieira virou dança de salão
O que era praça virou shopping
A areia virou ringue
A caneta virou teclado
O long play virou CD
A fita de vídeo é DVD
O CD já é MP3
É um filho onde éramos seis
O álbum de fotos agora é mostrado por email
O namoro agora é virtual
A cantada virou torpedo
E do 'não' não se tem medo
O break virou street
O samba, pagode
O carnaval de rua virou Sapucaí
O folclore brasileiro, halloween
O piano agora é teclado, também
O forró de sanfona ficou eletrônico
Fortificante não é mais Biotônico
Bicicleta virou Bike
Polícia e ladrão virou counter strike
Folhetins são novelas de TV
Fauna e flora a desaparecer
Lobato virou Paulo Coelho
Caetano virou um chato
Chico sumiu da FM e TV
Baby se converteu
RPM desapareceu
Elis ressuscitou em Maria Rita?
Gal virou fênix
Raul e Renato,
Cássia e Cazuza,
Lennon e Elvis,
Todos anjos
Agora só tocam lira...
A AIDS virou gripe
A bala antes encontrada agora é perdida
A violência está coisa maldita!
A maconha é calmante
O professor é agora o facilitador
As lições já não importam mais
A guerra superou a paz
E a sociedade ficou incapaz...
.... De tudo.
Inclusive de notar essas diferenças.

(Luiz Fernando Veríssimo)

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Video motivacional

Criatividade é uma coisa fora de sério!
Esse video feito por um grupo de estudantes de comunicação da Universidade de Quebec é prova de que a criatividade brota em diferentes lugares e agrega conceitos totalmente diferentes!
Esse pessoal pegou uma música que esta nas paradas e fez um video clip para promover a universidade deles! Muitlo loco!

domingo, 27 de setembro de 2009

Sábado de manhã

Momento de refletir!
Acordo cedo e vejo-me em um ambiente conhecido, um velho ambiente que agora eu só visito. Olho para o teto e vejo o teto do meu quarto na RodôPiô. Levanto e tomo um banho e faço meu desjejum. E agora, o que fazer? É cedo, ninguém acordado ainda e eu a todo vapor! Estudar! A prova do POSCOMP está chegando!
Tento mas não consigo estudar. Uma coisa me encomoda, um desafio antigo: instalar o Gentoo no meu laptop! Instalo mas não consigo arrumar o bootloader corretamente e a instalação não dá certo!

Isso foi a uma semana.

Nessa semana eu estudei um pouco durante as noites para a prova do POSCOMP. Nem mexi no meu laptop direito. Cheguei aqui em Itajubá e pedi ajuda aos especialistas da minha sala em Gentoo! Ajuda estava a caminho e a instalação fluindo!

E é com muito orgulho que digo a vocês que estou abandonando essa vida de menino Win, o negócio agora vai ser tela preta! O kernel já está instalado, modo gráfico também e o Gnome logo logo aparece! É uma questão de compilação e flags certas agora! :)

Se o POSCOMP não der certo, paciência, posso tentar de novo, ou até quem sabe mudar de área, puxar alguma coisa com a Produção! (mancada quem pensou que é mais fácil, hein!) Ou mesmo tirar uma certificação de Linux! As portas estão abertas, e eu quero sempre mantê-las assim!

E depois da prova, já no Sul de Minas

Outra prova! Uma chamada Micro 2.
Falando da prova de hoje, teve complicada, foi chato estar lá na universidade em um domingo pela manhã. Só que é uma peça do meu futuro. Será que é isso mesmo que irei fazer? Nada certo é o futuro e escrevemos ele a cada dia, a cada ato.
Um ato pode ser bem ou mal interpretado. Na dúvida, pare pergunte, se informe melhor. O que eu continuo vendo, e fico sempre triste ao ver, é que quando eu tenho dúvida, não tenho a quem perguntar, não me dão respostas convincentes ou as vezes não me respondem mais. Isso já aconteceu em junho desse ano! Não quero mais isso, quero minhas respostas!
E agora desse domingo ensolarado, terei a companhia de meus pensamentos, tolos, bobos e incertos até o final do dia, ou até o dia em que minhas dúvidas sejam respondidas.
E curioso que sou, irei até onde puder para saciar essa minha sede de saber!

sábado, 26 de setembro de 2009

Uma roda de samba antes de viajar

O telefone toca, toca e ninguém atende. Coisa estranha, sabiam de minha vinda e mesmo assim, algo mudou em 5 dias. Muita coisa mudou!
Viajar de ônibus já não é das melhores e chegar e não "ter o que fazer" também é ruim. Mas a viagem começou muito boa. Cheguei uns 20 minutos mais cedo na rodoviária de Taubaté e quando estava entrando ouvi alguns sons que me pareceram instrumentos musicais sendo tocados ali dentro. Fui, curioso, em direção ao som para saber o que estava acontecendo. Ao chegar no local vi
algumas cadeiras espalhadas em um espaço amplo, um rapaz sentado no meio de um palco improvisado com um cavaquinho à mão. Ao seu lado esquerdo um senhor usava uma boina e tocava um violão. Atrás deles, outras pessoas de pé segurando um tantã e outras com microfone na mão para cantar. Eis que o senhor de boina avisa: "Pessoal, iremos passar o som tocando Brasileirinha". Deixei minha mala cair no chão e fiquei atento ao ensaio do inusitado grupo formado por diversas gerações!
O som do cavaquinho reverberou por todo o salão da rodoviária atraindo a atenção de outras pessoas! Um espetáculo singular, montado ali onde muitas pessoas passam todos os dias a caminho do trabalho ou de suas casas, sem se importar com o que está acontecendo a sua volta.
A segunda música foi um samba entitulado "A casinha pequenina". Não conhecia mas ouvir o trio e o senhor cantarem animou meu começo de noite! Gostei daquela animação toda e aquilo me fez ganhar a sexta-feira. Tive meus problemas cotidianos, frustrações pessoais e decepções com pessoas que eu contava, mas no final do dia, ao colocar minha cabeça no travesseiro, lembrei-me daquele grupo, lá naquela roda de samba na rodoviária de Taubaté em uma sexta-feira a noite.
Ô vontade que deu, ficar naquela roda de samba!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

In-sano

Com alguns posts parados nos rascunhos e sem muito o que falar volto hoje para escrever!
Tempos novos agora. Indo e vindo todos os dias do trabalho na "rodovia aorta" do meu país e chegando cansado em casa para ler material para a prova de domingo.
Muito material. Um curso de computação inteiro para ser lido em alguns dias e cobrados em 5 horas de prova com 70 questões. Insano!
E pouco motivador.
Hoje já não tenho certeza se é isso que quero! A certeza que eu tenho é que essa é uma oportunidade e sendo tal, não vou largá-la!
E feliz por voltar para Itajubá nas sextas-feiras ouvindo uma música eletrônica bacana mixada pelo DJ Tiesto. Ouvindo o podcast 123 dele a semana toda! Música animada sempre é boa!

sábado, 12 de setembro de 2009

Em um final de semana você pode...

Depois do Razor Edge, primeira semana de estágio, finalmente final de semana. Final de semana programado e tudo indicando que será divertido.
Correria para arrumar carona pois uma comunicação não tão clara quase me fez vir de ônibus para Itajubá! Como isso acontece com alguém que já dirigiu uma área de comunicação!? Estranho! No final das contas tudo deu certo. Viagem foi tranquila, conversas boas e planos para animar a galera! A frase "você é um cara animado, tá chegando agora, quem sabe o pessoal não sai mais, hein!?" me fez bem! A gente vai mudando, né!? Eu que sempre fui na minha, ouvir uma frase assim deixa a gente motivado a continuar vendendo sonhos por ai!

E a matemágica da vida!?

A vida possui quatro operações básicas, assim como a ciência matemática! Você soma as responsabilidades, subtrai as dores de cabeça, multiplica os lucros e divide os bons momentos com amigos/namorada/esposa. Simples assim!? Nem sempre! Damos um jeito para ficar bom!
Bom humor, aquele gingado brasileiro e boa percepção te ajudam a estar sempre de bem com a vida e a levar a vida numa boa!
Não é uma festa perdida, onde você bate no portão da rep onde vai ser a festa e ninguém te atende que vai te desanimar. Você vai tirar algo de bom disso. No meu caso eu voltei pra rep do pessoal da minha sala e depois de um papo vim d
ormir. Não perdi a noite pois estava cansado e precisando de descanso. E o final de semana continua.
Poderia estar na praia pois o dia está ensolarado. Acordo com um telefonema de quem é muito querida e está na praia, tem coisa melhor!? Tem! Estar na praia, eu sei! hehehehe
Acordado no meio de um sonho bom! Quem sabe o sonho não vira realidade!? Vai saber!? O futuro é uma caixinha de surpresas, tem de tudo um pouco!
Bora fazer desse pouco um monte de coisa!?

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

The Razor's Edge - AC DC

Tá ai um álbum muito bom, companheiro de viagens e de estudos. Viagens de Taubaté a Itajubá e estudos para a prova do POSCOMP. Com especial atenção a faixa 3, "Moneytalks" e faixa 6, "Rock Your Heart Out". Momentos!
Agradecimentos a um amigo que mostrou esse CD numa curta viagem antes da trilha para a Pedra Aguda.
Desde então, muito AC DC!!

1. "Thunderstruck" – 4:52
2. "Fire Your Guns" – 2:53
3. "Moneytalks" – 3:45
4. "The Razor's Edge" – 4:22
5. "Mistress For Christmas" – 3:59
6. "Rock Your Heart Out" – 4:06
7. "Are You Ready" – 4:10
8. "Got You by the Balls" – 4:30
9. "Shot Of Love" – 3:56
10. "Lets Make It" – 3:32
11. "Goodbye & Good Riddance to Bad Luck" – 3:13
12. "If You Dare" – 3:18

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Güentooo

A brincadeira é com o nome de uma das distribuições linux mais respeitadas do momento.


What is Gentoo?

Gentoo is a free operating system based on either Linux or FreeBSD that can be automatically optimized and customized for just about any application or need. Extreme configurability, performance and a top-notch user and developer community are all hallmarks of the Gentoo experience.

Thanks to a technology called Portage, Gentoo can become an ideal secure server, development workstation, professional desktop, gaming system, embedded solution or something else -- whatever you need it to be. Because of its near-unlimited adaptability, we call Gentoo a metadistribution.

Of course, Gentoo is more than just the software it provides. It is a community built around a distribution which is driven by more than 300 developers and thousands of users. The distribution project provides the means for the users to enjoy Gentoo: documentation, infrastructure (mailinglists, site, forums ...), release engineering, software porting, quality assurance, security followup, hardening and more.

font: http://www.gentoo.org/main/en/about.xml

Ao apresentar meu trabalho de diploma e sair da AIESEC, eu estava praticamente apenas usando linux. Estava utilizando o Ubuntu 9.04 mas sempre tive vontade de ter na minha máquina o Gentoo. Meus amigos falavam das funcionalidades dessa distribuição, da dor de cabeça que era instalá-lo, o que exige mais conhecimento de hardware, flags de sistemas e algumas outras especificações de computeiros.
Para não ficar para trás nesse ramo competitivo chamado computação, resolvi formatar minha máquina e instalar o Gentoo nela.
Cá estou eu na minha terceira tentativa para instalá-la pois das duas primeiras vezes tive problemas com o CD que fiz para a instalação.
Vou seguir o manual do site do Gentoo e tentar instalá-lo mais uma vez!
Só que antes precisarei descobrir porque ele não acha o CD de instalação durante o carregamento dos módulos do sistema!
Já me deram uma dica: tenha um LiveCD de outra distribuição por perto para alguma emergência! Animadora essa dica! =D

domingo, 6 de setembro de 2009

E para passar o Domingo...

Lá vai uma música antiga de uma das melhores bandas de todos os tempos. Retirando minhas frases dos versos de outras músicas deles mesmos...

Titãs - Domingo

Composição: Toni Bellotto e Sérgio Britto
Não sei o que fazer (to procurando o que vou fazer)
Não sei o que fazer
Eu saio por aí (nem tanto assim)
Sem ter aonde ir (fato, por hora)

Não é sete de setembro (na verdade é seis de setembro)
Nem dia de finados (se fosse seria aniversário do meu irmão!)
Não é sexta-feira santa
Nem um outro feriado

E antes que eu esqueça aonde estou
Antes que eu esqueça aonde estou
Aonde estou com a cabeça? (na verdade eu to querendo esquecer muita coisa)

Tudo está fechado (hoje em dia não é mais assim)
Tudo está fechado
Domingo é sempre assim
E quem não está acostumado? (complicado para quem trabalha no comércio)

É dia de descanso
Nem precisava tanto (precisa sim senhor)
É dia de descanso
Programa Sílvio Santos

E antes que eu confunda todo mundo
Antes que eu confunda o domingo
O domingo com a segunda (porque segunda agora é feriado! :P)

Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar

Tudo está fechado
Tudo está fechado
Domingo é sempre assim
E quem não está acostumado?

É dia de descanso
Nem precisava tanto
É dia de descanso
Programa Sílvio Santos

E antes que eu confunda todo mundo
Antes que eu confunda o domingo
O domingo com a segunda

Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Domingo eu quero ver o domingo passar
Domingo eu quero ver o domingo acabar
Até o próximo, até o próximo, até o próximo domingo
Até o próximo, até o próximo, até o próximo domingo

sábado, 5 de setembro de 2009

Uma coletânea de textos para um sábado a noite

NADA COMO O TEMPO

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.

Percebe também que aquele alguém que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente não é o "alguém" da sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.

O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

desconhecido

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.

Fernando Sabino

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

William Shakespeare

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Vendendo garrafas vazias

"Venda garrafas vazias!", já dizia um dos meus professores da universidade. Durante todo o período que tive aulas com esse professor (quase dois anos) nunca entendi direito o significado dessa frase que ele sempre dizia, quase em todas as aulas.
Essa semana, após me ver livre de assuntos pendentes eu começo a entender o ato de vender garrafas vazias. Imagino que a garrafa é você, e pode preencher o seu conteúdo com aquilo que quiser. Uns buscam diversão outros buscam conhecimento. Eu busco além de diversão e conhecimento a vivência. E isso, só se consegue vivendo um dia de cada vez!
Vender garrafas vazias tem hoje para mim o significado de estar aberto e receptivo a tudo aquilo que acontece ao seu redor e gostaria de experimentar. Não se prenda em pré-conceitos, em repercursões da sua atitude. Experimente! Viva sua vida! Aproveite os momentos bons ao lado de pessoas especiais.
Se um dia uma pessoa especial mudar a atitude para com você, não fique chateado com ela. Pergunte a ela o porque da mudança. Comigo eu nem pude perguntar. Tive que "engolir" a mudança sem entender ou saber da boca dessa pessoa o seu motivo. Nada na vida é para sempre. E depois de muito tempo eu digo: aproveitei bem os momentos que tive com você!
O dia de hoje é uma nova fase nas nossas vidas, nunca deixe de vivê-lo ou então se arrependerá no futuro! O amanhã pode estar distante. Depende da intensidade que se vive o hoje!
Vender suas garrafas para que depois elas possam ser preenchidas por diversos ensinamentos e vender seus sonhos pode ser uma boa forma de sair da sua zona de conforto e fazer o bem sem importar a quem!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Minha resposta ao Pindão

Leiam o post anterior primeiro para entender!

É Zé Pinda, muito barulho mesmo naquelas somzeras na garagem da rep, conversas na sala da RodôPiô Casa 2, viagens iradas, muita diversão, amizade boa e muita plenitude!!

Haviam várias dificuldades mas estávamos todos ali no mesmo barco, enfrentando a mesma empreitada com um objetivo em comum, tirar um título superior na Unifei!

Hoje guardo comigo os melhores momentos! As dificuldades serviram para nos tornar homens fortes, melhor preparados para o mundo! Ali, os 7 e seus agregados muito ralaram para conseguir muitas vezes, somente a nota suficiente para passar! Nada de notas altas, o que contava mesmo era a aprovação no final do período! Professores tiranos!

E nós conseguimos! Dos 7, 6 já são bacharéis e engenheiro. O sétimo, eu, estou bem encaminhado! Na próxima semana começo a trabalhar... em São José dos Campos!
Uma grande conquista que quero celebrar com toda a minha família RodôPiô no nosso encontro de rep!

Bora marcar essa data logo!! Nem que seja apenas nós 7 agora, mas se conseguirmos todos nos reunir vai ser muito massa fazer uma zuera com vocês mais uma vez!!

Grande abraço a todos,

Rui Nunes Mascarenhas Junior

O amigo Zé Pinda!

Reproduzo aqui o e-mail do Zé Pinda, um amigo de antigos tempos de Rep. RodôPiô. A amizade sem fronteiras!

Uma música... saudade de vocês


Fala Galera,

Estou pensando nesta música desde que acordei, pois aqui está um dia muito, como diriam os cariocas, maneiro =P.

Vai aih uma letra de música para alegrar um pouco mais o dia de vocês e que me lembra muito a nossa RodôPiô.

Que em breve possamos nos reunir... sinto falta dos sons do violão, flautas e vozes juntas.

Um grande abraço e saudade de vocês,
Pinda


Floripa
Chimarruts

Quero sair
O dia está tão lindo.
E eu quero ver o sol!
E cantar
com os meus amigos,
Até a noite chegar.
Sinto o vento
Soprar em meu rosto,
Algo quer me falar
Que a vida
é tão linda,
Não vale a pena chorar.
Já está na hora
Já é o dia,
Tenho que ir pro mar,
Que me traz a paz,
A alegria, me equilibra
E me faz pensar.
No caminho,
Não vou mais estar sozinho,
Meu amor,
Na vida há sempre algo de bom.
Quando escuto,
Aquele som que me falou,
Que na vida
Só eu sei prá onde eu vou.
Ainda lembro lá em Floripa,
Olhávamos a lua e o mar,
Namorando a noite inteira,
Até o dia chegar.
Sem ver o tempo
A cada momento,
Eu queria te falar
Que de mãos dadas
E sempre juntos,
O mundo nós iremos mudar.
E no caminho
Por sobre as pedras,
E a gente a imaginar
Que a África estava
Logo a nossa frente,
Quem sabe ainda vou tocar lá.


quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Estradas e caminhos

Novamente pego minhas músicas, faço minhas malas e junto com Vital, dos Paralamas do Sucesso, caio na estrada!
Novo destino: as praias ensolaradas de Ubatuba.
Recomeçou outra vez, logo logo, em outro lugar. As coisas que vive ao pé da Serra da Mantiqueira, os momentos felizes que vivi do outro lado dessa serra, o lado mineiro, esse eu sempre vou agradecer por ter me dado tudo o que eu precisava!
Vivo, pleno, digno, integro, responsável, amando a vida e quem me ama.
Sonhador, vendedor de sonhos, uma companhia para rir e chorar!
Daqui nada levo, apenas deixo saudades.
Os amigos e amores dessa terra estão sempre comigo, e podem aguardar que cedo ou tarde eu retornarei para mais uma vez com todos eles fazer uma boa zuera!

domingo, 23 de agosto de 2009

Ajuda com Skype no Ubuntu & Inspiron 1525

Insônia terminal novamente e nesse meio tempo sem sono (literalmente) estava procurando na net uma solução para o Skype funcionar no meu laptop.
Achei um tutorial muito bacana, simples e fácil para configurar corretamente o microfone. Até então eu não conseguia usar o programa para conversas por voz!

http://www.wiredrevolution.com/ubuntu/fix-skype-audio-on-ubuntu-with-dell-xps-m1530m1330

E para terminar esse post, música muito boa para madrugada pós 7 dias de festa: Hurricane by Bob Dylan

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O mundo dá voltas

O mundo da muitas voltas e nem sempre voltamos ao mesmo lugar. Coincidiu de meu destino voltar a me guiar pelas ruas de bloquetes de Itajubá. Esses bloquetes dão uma aparência de cidade de praia para as ruas dessa cidade localizada no Sul de Minas Gerais. Saudades do mar, do céu azul de nuvens doidas da minha cidade natal que fica a uma hora da praia!

Perguntando um trilhão de coisas sobre Eu! (lembrei-me de Pato Fu e a música Eu!) Problemas antigos vistos por outros ângulos e aspectos. Estive com um amigo conversando pela madrugada a fora sobre a Vida, as Pessoas, o Mundo e Outras Coisas que envolvem todo esse conjunto de características, cheiros, desafios, afagos e romances que nos cercam. Filosofar para não pirar. Nada contra você, meu bem, apenas quero sua sinceridade!

Divago pelos porquês buscando respostas para velhas perguntas do coração. Festas, amigos, diversões a semana toda não bastam. Precisamos de pessoas de verdade junto da gente. Uma amizade transformada em um reencontro frio, sem a graça e a alegria de antes, agora perdida para mim. As pessoas mudam e nem sempre mudam para algo bom no seu sentimento. Muito pode se perder nessa mudança. Estava lendo um livro da Reader's Digest agora e me deparei com a seguinte frase: "Se quiser conservar uma pessoa ao seu lado, tem de deixá-la livre." O contexto era um casal de estudiosos que a mulher passou algumas temporadas no continente antártico realizando pesquisas científicas. Achei a frase muito boa para mim também. Não adianta você forçar-se em agradar uma pessoa, elas gostam de você por aquilo que somos, não mais, não menos do que isso. Apenas isso! E Mário Quintana tem outro pensamento muito bom que complementa muito essa frase: "O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você."

Deixe-se viver, quem sabe em qual dessas esquinas da vida você encontrará alguem com quem você queira passar até o último dia de vida na Terra?! Sentir no peito aquela falta de ar boa, se sentir feliz por estar com alguem que te corresponde, brilha ao te ver, te agrada e também gosta que você a agrade.

Muitas vezes damos muitas voltas, encontramos pessoas nessas andanças, caminhamos juntos por um tempo. Não pense que seu primeiro emprego é o melhor de todos, que aquela garota que você beijou pela primeira vez numa festa da faculdade é a pessoa da sua vida, viva a sua vida e saiba que você só tem aqueles 60 anos para viver aqui. Depois disso, apagam-se a luz do espetáculo, fecham-se as portas do teatro da vida e nos tornamos imortais! Imortais na memória daqueles que cativamos!

sábado, 15 de agosto de 2009

Se Minas não tem MAR a gente vai pro ItajuBAR!

Pois é, vivi hoje esse ditado mineiro!

Vim para Taubaté na tentativa de pegar uma praia mas diversidades me levam para outros lugares, de volta as terras de Minas Gerais, uai!

Em Itajubá esta acontecendo o " 1º ITAJUBAR! Uma deliciosa competição entre pestiscos criados para o evento. De 11 de agosto a 5 de setembro você poderá degustar e comparar os pratos em cada um dos 15 bares. Os participantes criaram porções com duas características básicas: inovação mais um ingrediente da culinária mineira. A divulgação dos vencedores será na FRICI, no dia 5 de setembro, que terá a 1ª FESTA ITAJUBAR, onde os seis melhores colocados terão barraquinhas para vender os petiscos preferidos pelos jurados."

Para saber mais visitem o site do evento!

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

E a história chegou ao fim, com um novo recomeço.

Disseram uma vez que eu gosto de contar histórias, vou então contar uma história minha que está se passando devido a minha saída da AIESEC em Itajubá.
Uma saída de um diretor no meio da gestão dele não é bom mas outras oportunidades aparecem e temos que correr atrás daqui que vai agregar mais para nós.
Não se pode viver como espectador da vida, deve-se ser o ator principal da sua própria vida!!

Mensagem do presidente para o escritório:
GBP:
Olá senhores!!!

Infelizmente trago essa notícia. O Rui Nunes, Diretor de Comunicações da AIESEC em Itajubá infelizmente deixará seu cargo. Conversei já com ele e conversamos entre o EB e trazemos uma proposta para os próximos passos, explicadas abaixo.

O motivo do Rui sair é devido aos seus trabalhos para cumprir a conclusão de curso. A situação é que o Rui começa na 2a feira seu estágio na MestreSEO, fazendo 30 horas e também a disciplina de Micro 2, o terror do curso de ECO com Tio Vantuil.

Entendendo a situação e sendo assim pensamos em escolher um Coordenador para a área de COM. Esse coordenador será como um VP, sem muitas diferenças, mas devido aos processos exigidos para se ter um VP escolheremos um coordenador de Comunicação que será submetido ao EB, participando das atividades habituais de EB. O Rui já deixa P.O. e Budget feito, e tem a possibilidade de até por volta do dia 21 - 23 realizar uma transição e então passar o bastão para esse coordenador. Conversando ainda com o Rui perguntei se ele ainda quer manter seu trabalho na AIESEC, e ele disse que sim, não como membro mas como um coach para esse novo coordenador por mais tempo além da transição, mas a responsabilidade já será do coordenador.

O calendário proposto é:

-14 a 18 periodo para postulação;
-19 discussão entre o EB sobre as postulação e resultado;
-20 - 23 transição.

Minha menssagem de resposta ao escritório de Itajubá. Triste por ter que sair.
Rui:
Fala pessoal!!

Minha situação é bem essa que o Guilherme explicou no e-mail.

Deixo o cargo de VP após fazer a transição com o futuro coordenador e continuo por perto da AIESEC em Itajubá mais como conselheiro. Tenho hoje na área de COM quatro membros muito bons, em quem eu confio inteiramente o trabalho que a área entrega! São pessoas competentíssimas que eu gostaria muito em ver como postulantes!!

Acredito que todos saibam da importância da área de Comunicação como uma área suporte para o cerne da AIESEC, o intercâmbio. É uma das áreas "desbravadoras" do CL, junto com ER, ao meu ver! Nós literalmente damos a cara a tapa para realizar a divulgação, posicionamento, palestras e passar a mensagem da AIESEC em Itajubá. É um trabalho desafiador que não só fica no fazer arte gráfica. Nesses meus tempos de COM já realizei trabalho de IM, FIN, ER, X, TM, MKT e do LaL tudo dentro da área de Comunicação. Tanto como membro, como VP.

Aproveitem essa oportunidade de crescerem profissionalmente. Postulem-se pensando no aprendizado que vocês terão não hoje, mas no decorrer de alguns meses. Marquem esses dias e os repensem daqui seis meses, um ano. Olhem para trás e vejam o quanto vocês se desenvolveram!

Os desafios estão ai para serem vencidos, ajudar aqueles que os enfrentam a se tornarem mais experientes, e cabe a vocês experimenta-los!!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Rodando em círculos

Rodei muito lugar para FICAR no mesmo de onde tudo começou.
Propostas que eu havia traçado no final do ano passado e seis meses depois tudo voltou.
Agora FICO pensando: isso veio para me fortalecer, é o que eu posso tirar de bom disso tudo!

Ah como é bom escrever através de mensagens subliminares, limpa a alma, como um desabafo e só os realmente interessados entendem.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Correndo, do dinheiro em busca da felicidade

Ainda no sentido figurado! Milhões de coisas se passam em nossa cabeça quando estamos num momento de dúvida e indecisão em nossas vidas. Nada é simples.
Alguns fazem festa, sai "pra balada", curtem todas para se livrar de seus problemas e no final da madrugada voltam para casa e para seus problemas.
Viva um pouco de cada vez para viver sempre.
E se alguém disse para você que dinheiro traz felicidade, diga a essa pessoa que ela está errada! "Dinheiro em si mesmo não traz felicidade, mas a falta dele pode tirá-la drasticamente. O dinheiro não enlouquece, mas o amor por ele destrói a serenidade."

Sou apenas um caminhante
Que perdeu o medo de se perder
Estou seguro de que sou imperfeito
Podem me chamar de louco
Podem zombar das minhas idéias
Não importa!
O que importa é que sou um caminhante
Que vende sonhos para os passantes
Não tenho bússola nem agenda
Não tenho nada, mas tenho tudo
Sou apenas um caminhante
À procura de mim mesmo

"O vendedor de sonhos, o chamado" de Augusto Cury

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Rosas

Para não dizer que eu nunca escrevi sobre rosas, eu escrevi no final de junho esse texto para falar sobre rosas, suas cores e seus significados.

Rosas

Andava eu pela Rota 66 a caminho de Santa Fé para ver as ondas do outro lado das Américas. Querendo muito sol, praia, um sossego depois de muitas andanças, eu rumei para a praia. Peguei minha motocicleta, fiz os reparos que precisava de manhã bem cedo e só terminei com o chegar da noite. No dia seguinte, antes mesmo que o gigante amarelo estivesse surgido para iluminar mais uma vez as terras por onde eu deveria percorrer, eu já havia deixado para traz aquele lugar.

Quando estava chegando em Albuquerque não pude deixar de ver as rosas. Muitas delas, cada uma de um cor diferente. Parei na cidade para perguntar o porque daquelas cores todas, de onde vinha tanta graça. A moça, uma bela morena dos cabelos compridos e ondulados disse-me que as cores das rosas variavam e que cada cor representava um conjunto de sentimentos.

Rosas são plantas. Qualquer criança sabe disso. Vermelhas, brancas, amarelas, de várias cores, aromas e formas. Símbolo para o carinho de um homem para uma mulher e, hoje em dia, para os que não tem preconceitos, de mulheres para homens. Naquele dia me interesse por rosas pois

  • Rosas Amarelas: amor por alguém que está a morrer ou um amor platônico

  • Rosas Brancas: reverência, segredo, inocência, pureza e paz

  • Rosas Champanhe: admiração, simpatia

  • Rosas Coloridas em tons claros: amizade e solidariedade

  • Rosas Coloridas, predominando as vermelhas: amor, paixão e felicidade

  • Rosas Cor-de-rosa: gratidão, agradecimento, o feminino (muitas vezes aparece simbolizando o útero em algumas culturas, como o gineceu está para a cultura ocidental)

  • Rosas Vermelhas: paixão, amor, respeito, adoração

  • Rosas Vermelhas com Amarelas: felicidade

  • Rosas Vermelhas com Brancas: harmonia, unidade

Andando mais para frente, parei numa livraria. Precisava de livros. O primeiro autor que vi na estante foi Guimarães Rosa. Alguem com nome de flor!? Fui descobrir que o escritor era bom, fiquei na livraria por muito tempo lendo a seu respeito e suas obras.

Descobri ali que rosas são sobrenomes de gente importante, são nomes próprios de muitas distintas senhoras que vivem ralhando com os moleques na rua, são aquelas graças pelas quais muitos homens já se apaixonaram.

Amandas, Fernandas, Marianas, Tatianas, Carolinas, Biancas, Rafaelas e muitas outras rosas desses jardins espalhados pela Rota 66 até a chegada ao mar.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Bilhete

Para aquelas que eu amo, já amei ou amarei.

BILHETE
Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...
Mário Quintana

quinta-feira, 30 de julho de 2009

E de uma hora para outra eles se vão

Época final de faculdade tem disso. Os amigos que nos acompanharam por quase já completos cinco anos vão para outro lugar.
No último final de semana alguns novos amigos fizeram um brinde e segundo uma amiga, não lembrava porque estavam fazendo aquele brinde. Um brinde pode começar por causa de uma amizade. Dei pavão na foto do brinde dela e coloquei aqui nesse post.
Nessas três mãos estão simbolizados todos aqueles amigos que uma vez já andaram conosco por esse caminho todo tortuoso, árduo, recompensador, alegre que é o caminho da vida. Se nos seguiram por muito tempo ou por pouco, se passaram sem deixar muita presença, ou se marcaram fortemente nossas efêmeras vidas, o importante é que são nossos amigos.
Mesmo aqueles que foram para longe e não puderam voltar, nunca para longe irão pois uma coisa não se pode tirar de uma pessoa, são seus sonhos. Sonhos de que dias melhores virão!
E que esses dias serão compartilhados com velhos e novos amigos, sejam eles de onde forem ou de onde vierem ou estiverem, porque se forem mesmo amigos, eles são para sempre.
O começo de um fim começa amanhã. Novos engenheiros. Amigos se graduando, os primeiros da nossa sala! Logo logo serei eu e mais uns outros tantos! E nós nos vamos, assim, de uma hora para outra.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Tratamentos

Como diz a frase no alto desse blog, "Faça o que pode, com o que tem, onde estiver.", as vezes as pessoas complicam as coisas simples, querendo fazer enfeites, colocar um desenho bacana. Eu tenho uma dica nessas horas: use a sua imaginação e as ferramentas que estiverem por perto! Se você tomou o trabalho de alguem, mande o que você precisa mandar e depois fale com o responsável que você já estava com a faca e o queijo na mão. Só se deu o trabalho de cortar o queijo e se servir!
(Ahahahahahaha metáfora muito loca, hein!?)
Acho que vocês já ouviram falar na teoria do feedback. Outra hora eu volto a falar dela com mais detalhes (estou pensando em um post específico sobre feedback). Hoje eu tive que dar um feedback negativo e logo em seguida recebi um.
Eu não me senti preparado para dar esse feedback negativo. Achei que estava mas na hora do vamos ver, eu vacilei no começo. Não é fácil fazer isso. É preciso tato, muita esperteza para não machucar a pessoa e não deixá-la desmotivada por causa do que se está falando. Falam que o mais simples é o sanduiche. Ponto positivo, ponto negativo e ponto positivo de novo, para fechar. É, vi que falar é fácil, fazer exige prática e isso a gente só aprende fazendo!
No feedback que eu recebi, percebi que a pessoa foi extremamente direto comigo. Estavamos conversando sobre estágio. No que eu falei de disponibilidade de tempo, ele viu que eu não me encaixava e tratou de terminar a conversa por ali mesmo. O cara não pensou em nada! Simplesmente agradeceu minha ligação e desligou. Uma pena! Uma das várias portas fechadas que se encontra na busca do estágio. Isso ajuda você a crescer e se lembrar de ser humilde. Ninguém é melhor que ninguem.
E como dizia minha falecida avó, plante bondade, não importa a quem e será muito feliz. Eu não discordo, e você?

domingo, 26 de julho de 2009

Poema do amigo aprendiz

Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo de acertar nossas distâncias.

(Fernando Pessoa)

Em um final de semana no Vale

O que esperar de um final de semana? Marcar presença com velhos amigos, reencontrar a galera e também trocar uma ideia legal com a turma, reencontrar velhos amigos e conhecer gente nova.
Pois bem, eu fiz exatamente essa frase, só que ao contrário.
Eu conheci gente nova nesse final de semana. Uma turma lá de Lorena que no final das contas tinha um ponto em comum. Corrigindo, uma paulista em comum! hahahaha
E o paulista aqui, vendo o tempo feio do final de semana pensou: "será que vai dar praia?" Tempo feio todo mundo desanimando mas a paulista de lá, virou e falou: "quer saber, vamos sim! Quem quiser acompanha!" Menina brava essa dai! Depois descobri pela mãe dela que ela sempre foi determinada, desde pequena! Da hora conhecer gente assim!
Com mais de uma hora de atraso e trocas de mensagens do tipo: "Aonde você está!? E agora, você tá aonde!?", eu finalmente desembarquei em Lorena! Só atrasou todo mundo coisa de 1h30, de boa! Quase me trucidaram na rodoviária mas o importante é o churras! hahaha
E os paulista se conheceram, aqueles que não se conheciam antes. Eu fui conhecendo todo mundo! Tinha o rapaz engraçado que não parava de mexer no cachecol dele, a menina queitinha que falava pra chuchu, o rapaz de longe que contava as piadas e outro cara, que morava no caminho e que depois ficou conhecido como o cara do "veja bem, não é bem assim". Isso fechava um carro. Na rodoviária ficaram dois outros, que só foram chegar mais tarde que nós, mas no fim das contas, chegaram!
E a festa!? Teve boa! Momentos de DJs de vitrola de vinil, revezamento de corte de linguiça, empurra as paulistas na piscina, alguem deve pular na piscina, "faz o moonwalking ai", muita risada, papo legal e descontração! Pruma turma de paulistas, e agregados, que eu não conhecia, a galera é muito maneira!
E para dizer que é Brasil, ao chegar em casa, já no domingo, a viagem terminou em pizza! Corinthians perdendo o clássico paulista contra o Palmeiras e eu fui fazer pizza com minha mãe. Pelo menos o tempo passava, enquanto meu time perdia. Obina matou a gente! Mas tá bom que a pizza ficou boa!

sábado, 25 de julho de 2009

E quem não faz planos!?

Vive a vida a cada momento, viajando pelo Vale paulista a procura de aventura e diversão!

Aloha! Eu vou pro mar!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Retrospectiva das últimas três semanas: uma decisão e tanto

Esse texto foi escrito no dia 11 de julho e por causa da correria do meu dia a dia só foi publicado hoje.
Finalmente essa semana acabou! Fechou o ciclo das três semanas mais pesadas que eu já passei na universidade. Época das provas de segundo bimestre, exames e da apresentação do TD.
Foi puxado e cansativo! Agora, olhando com mais calma tudo aquilo que já passou posso dizer que estou mais forte! A próxima posso aguentar melhor!
Uma das situações que eu destaco dessas semanas foi a decisão de CEED para a AIESEC em Itajubá. Para os que não sabem o CEED é a vinda ou ida de um membro da AIESEC para outro escritório para participar de atividades ou ajudar o outro escritório. No caso, abrimos um CEED para um membro da AIESEC que tenha experiência na área de jornalismo/comunicação vir dar treinamentos para os membros de Comunicação da AIESEC em Itajubá.
Essa proposta estava sendo pensada desde fevereiro desse ano e foi planejada lá em fevereiro para acontecer nesse período de férias de julho.
Chegou o mês de abril e eu pediu ao Eduardo para cuidar da documentação, montar a proposta, estruturar a vinda desse CEEDer usando como base o material que eu já possuía e algumas outras ideias. Passamos um bom tempo estruturando a proposta pois foi a primeira vez que fizemos isso aqui em Itajubá! Tivemos problemas com finanças e isso foi um grande gargalo para soltarmos a proposta. Chegou sexta-feira, 3 de julho e a proposta estava pronta. O pequeno detalhe é que o CEED seria nesse final de semana, dias 11 e 12. O EB chamou minha atenção para o tempo curto de planejamento, talvez não tivéssemos postulantes e após o documento ficar pronto, mostrei ao Guilherme que me passou muitos feedbacks importantes!
Das 19h as 22h daquela sexta-feira eu me vi em uma situação extremamente arriscada. Tinha pouco tempo para planejar e alinhar as espectativas com o CEEDer, uma semana, estava em período de provas da universidade e iria apresentar o meu TD para a banca na próxima terça-feira, meus membros haviam se preparado para receber o treinamento nos dias 11 e 12, havíamos combinado isso, o Eduardo teve um grande trabalho em estruturar a proposta de CEED no período de provas e iríamos entrar no período pré planejamento estratégico. Uma sugestão foi adiar o CEED para o início de agosto. Inviável devido a outros fatores como férias, eventos nacionais da AIESEC e se eu fizesse isso eu iria "jogar fora" o trabalho todo que o Eduardo teve em preparar a proposta de CEED em período de provas, numa correria danada, além do comprometimento dos membros em reservar aquele final de semana para o CEED!
Tinha uma decisão a tomar, ponderar os prós e contras, sob pressão e tratando com esforços que não eram só meus mas de toda a nossa equipe! Enviei a postulação ao grupo nacional de Marketing naquela noite. Não sabia se teria uma resposta ou se não daria em nada. As cartas estavam na mesa!
No sábado quando acessei meu e-mail, logo pela manhã, já havia respostas de duas pessoas interessadas na proposta do CEED! E ao longo do final de semana outras propostas chegaram!

domingo, 5 de julho de 2009

Sobre a vida, diversão, dedicação e provações

As últimas semanas foram extremamente puxadas e eu não tive tempo para escrever aqui. Vou então fazer um post rápido e depois de terça-feira eu volto a escrever!

Acabando esse post vou preparar a apresentação do TD. Serão os dez minutos que decidirão e muito a minha vida. Apresentaremos o trabalho de quase quatro meses de pesquisas e trabalhos, além dos anos já dedicados a graduação!

Fora isso, estou negociando um curso para os membros da área de Comunicação para acontecer no próximo final de semana. Foi uma experiência muito boa essa tomada de decisão! Mais um post futuro! hehehehe

E ainda tem exame de DSP na terça-feira pela manhã. 58 pontos! Numa matéria que eu não domino, professor não solta listas de exercícios, material de estudos é apenas um livro sem exercícios e as teorias passadas em sala de aula! E por causa disso me sinto mais engenheiro! Aprendendo a usar os zilhões de recursos da HP! hahaha

E para fechar com chave de ouro, após essas atividades todas, vou ser responsável por um working group a respeito de divulgação para a AIESEC em Itajubá! Mais pesquisas, preparar material e depois tomar decisões!

Estou me sentido um pouco de SUPER homem! Uau!

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Miss Sereníssima and Black Night

Sereníssima do Legião Urbana e Black Night do Deep Purple.
Essas duas músicas de nada tem em comum. Apenas o fato deu tê-las ouvido bastante essa semana.
A primeira lembra de amores do passado. A outro de momentos bons ao lado de amigos em festas.
A sonoridade das batidas da Black Night impulsionam minhas manhãs geladas escrevendo o TD!

domingo, 14 de junho de 2009

Novo cd dos Paralamas do Sucesso

Não sei o quão novo o cd é mas eu só o ouvi hoje!
Parece que os Paralamas dos Sucesso largaram a fase de músicas melosas/sentimentais e retornaram para a batida reggae! Muito bom o novo som deles!
Atenção maior para a música "Taubaté ou Santos" que faz referência a minha cidade natal!
E Santos, lugar interessante, lugar comentado ultimamente. Um bom lugar para se trabalhar. Cidade grande de praia. Não que possa substituir Ubatuba mas é uma boa cidade para trabalhar/viver a vida!
É isso ai! Curtindo o novo som dos Paralamas e do Nando Reis!

Para quem ouve Paralamas desde pequenino... lembranças de Bora Bora!

Precisamos de um post!

Hummm... bastante coisa para comentar. Crise. Falta de grana é complicado. Uma crise diferente... ter dinheiro e não tê-lo. Trabalhar e tirar o próprio sustento para pagar as despesas e ter diversão. Ok, a coisa tá preta mesmo!
O foco é o resultado! O que é preciso: dinheiro. Como se consegue dinheiro!? Tem o método fácil (não vou me ater a detalhes nesse ponto, pensem o que quiserem!) e o método correto e mais complicado: procura de emprego. No caso, estágio remunerado! Deadline para tal busca: final do mês! Nada mal... e eu diria que ela pode ser cumprida, sim senhor! Basta uma pequena correria, nada fora do comum!
Penso que ao me graduar como engenheiro estou me graduando como solucionador de problemas. Tanto daqueles que eu criei quanto dos que os outros criaram e eu fui dando corda. Blah, mas isso é coisa que alguém criou para atrapalhar nossas vidas, né?!

Fato engraçado! Assistindo Exterminador do Futuro 4, um amigo solta a seguinte frase: "Finalmente filme de macho!" Ashuahsuahua Apesar de ver casais nas poltronas da frente, sou obrigado a concordar. Exterminador do Futuro nunca foi filme de mulher! Depois do filme perguntei o motivo da frase dele, no que meu amigo explicou ter saído com uma menina e ter passado o tempo todo vendo filmes de comédia romântica/filmes fluflys com a mina! Ahsuahsuha Muito válido o comentário dele! Praticamente um desabafo!
Comentário sobre as motos usadas no filme: tá, o Batman é foda mas a moto no último filme dele era paia perto dessas últimas! hehehe

Fato estranho do final de semana: acompanhar minha irmã para comprar presente de nenê! Bacana.. existem coisas interessantes para dar de presente a filhos de nossos amigos mas, pela barba, é muito cedo para fazer bebês! Pratiquem mais um pouco, senhores e senhoritas! (Tá cedo para vocês serem senhoras!!)

Enquanto isso, tem alguém bebem e se divertindo por ai! =D
Já que a gente chega nessa festa!

Obs.: O post foi escrito corrido pq esse é um blog de um cara que nunca gostou de estar parado, mesmo se alguma hora ele tenha demonstrado isso!

Obs.2: Nunca julgue um livro pela capa! Geralmente uma leitura de 30% de seu conteúdo é necessário para se ter o correto valor da obra.


quarta-feira, 10 de junho de 2009

Contagem regressiva: 29 dias

Bem amigos, fãs da alta velocidade!
Estamos a menos de um mês para o final da 5ª temporada!
Faltam apenas
dias para o grande final. Todos os pontos serão postos em jogo.
Em seus carros, dois esportistas serão destaque nesse blog. Eles que estiveram se preparando nos últimos 6 meses para esse importantíssimo jogo.
Este blog irá cubrir com exclusividade o dia a dia desses atletas e trará a vocês, caros leitores, notícias em primeiríssima mão!!

"Acendeu a primeira luz vermelha...
A segunda luz vermelha...
A terceira luz vermelha...
Apagaram-se as luzes...
Está valendo! É o campeonato em jogo!!"

Foi dada a largada! Já está valendo!

domingo, 7 de junho de 2009

TéDio de domingo

Para não dizer que a situação é triste, na verdade ela é cômica! Domingo pós show do Nando Reis aqui em Itajubá. Nada de mais se não fosse o fato de dormir apenas 4 horas nessa noite e ter que fazer o painel para o workshop do Trabalho de Diploma (sacaram o TéDio!?) Na foto os programas abertos em meu Desktop enquanto eu tento trabalhar no painel!
Segundo os engenheiros mecânicos, é errado as mulheres dizerem que estão em regime. Segundo eles, regime é o ponto de estabilidade de uma máquina, e mulher estável? Bom, alguém já viu? Eu nunca! E hoje o rendimento, aquele fator grego chamado Ni, não passou dos 30 porcento.

Comentário sarcástico a respeito sobre as mulheres, aquelas que embelezam o lugar por onde passam e nos deixam cada dia mais apaixonados por elas, mulheres!
Que não tem nada de TéDio, devo enfatizar!