quinta-feira, 28 de dezembro de 2006

Le Hellequin

Esta palavra de origem normanda, território francês, era como saqueadores eram chamados no século XII.
Na série de Bernard Cornwell intitulada "A Busca do Graal" ele chama os invasores ingleses de hellequin, seres adorados pelo Diabo. Eram em sua maioria guerreiros e arqueiros ingleses. Período q ficou marcado pela Guerra dos Cem Anos entre França e Inglaterra onde o poder esteve pendendo para ambos os lados diversas vezes.
O que me chama atenção na série de Cornwell é como ele trata seu personagem principal, Thomas, um arqueiro inglês que carrega um grande arco de teixo, maior que o tamanho do personagem. Durante os três livros, Cornwell descreve a aventura do arqueiro na busca pelo Santo Graal. Segundo o pai de Thomas, um louco padre na cidade inglesa de Hookton, a família deles já possuiu o Graal. Mas cerca de 100 anos antes a família Vexille foi expulsa de seus domínios em Astarac e com o primo em seu encalço Thomas busca pelo Graal sem acreditar em sua existência e com o desejo de vingança contra seu primo que tornou sua vida um inferno.
O primo, Guy Vexille, é conhecido com O Arlequim, tradução da palavra hellequin.
Procurando no Google encontrei esse site: http://www.caergwydyon.com/Mit/banhalle.htm
Nele existem referências do que foram os hellequins, um bando de soldados mortos que assolaram pessoas em diversas épocas.. dizem que o exército que assolou Canudos de Antônio Conselheiro vaga pelo nordeste e também os remanescentes da guerra dos farrapos varrem o sul do país.Desenho do século XII retratando o bando hellequin.

4 comentários:

gW disse...

E aí Rui!!
Oque você andou tomando por aí? Mallandrops e seus efeitos colaterais?
hehehehe

Ruizera disse...

Q nada.. o mallandrops deixa mais louco q isso.. ahahahaha
Isso ai foi um castelo medieval q eu tive! ahahahahaha

Anônimo disse...

oiiii
saudadesss

Anônimo disse...

O bando Hellequin é um assunto muito interessante! Em "Os vivos e os mortos na sociedade medieval" de Jean Claude Schmitt você poderá ter um conteúdo muito bom sobre eles.
A história do seu provável líder, o rei Herla.
Vale a pena ler.